Jean Paul diz que país está refém dos bancos e precisa discutir investimentos

Senador afirma que país precisa discutir outras pautas, além da reforma da Previdência e defende ampliação dos investimentos nas cidades O senador Jean Paul Prates (PT-RN) afirmou, nesta quinta-feira, em discurso no plenário, que o Brasil acabou virando refém de bancos. Ele destacou que estados estão quebrados, basicamente, por má gestão, mas também por isenções …

Continue lendo Jean Paul diz que país está refém dos bancos e precisa discutir investimentos

Jean Paul cobra de Guedes melhor posicionamento nos leilões de petróleo

Jean Paul destacou que, nos últimos 10 anos, a participação brasileira cresceu no mercado, principalmente após a descoberta do pré-sal. “Estamos sendo vistos lá fora como o novo Oriente Médio, no mercado de direitos exploratórios”, destacou o parlamentar. “Nosso cacife subiu muito nas últimas décadas”, disse. “Por que nós temos que abrir mão de tributações, quando estamos em alta no mercado?“, indagou. “O Brasil precisa utilizar melhor esse cacife nas rodadas de negociações dos blocos”.

Entrada do Brasil na OCDE será tema de discussão com especialistas no Senado

O ingresso do Brasil na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), organismo multilateral de 34 países desenvolvidos, será tema de discussão da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado. O senador Jean Paul Prates (PT-RN) aprovou na comissão requerimento de sua autoria, nesta quarta-feira, 26, para a realização de audiência pública dedicada a esclarecer os impactos da medida para o desenvolvimento do país. “Queremos entender quais são os critérios e as consequências da questão da grife OCDE ser aplicada ao Brasil”, disse Jean Paul. “De acordos com informações que obtivemos, as vantagens não superam as desvantagens”.  A entrada na OCDE limita o raio de ação da política macroeconômica, principalmente por causa da liberalização que se tem que ter sobre o fluxo de capitais. Isso pode não ser vantajoso para o Brasil.

Bancada federal defende setor pesqueiro

Em audiência com o secretário nacional da Pesca, senador Jean Paul Prates lembra que o estado é um dos mais importantes produtores e exportadores de pescado A bancada federal do Rio Grande do Norte esteve reunida, nesta quarta-feira, 13, para tratar da pesca artesanal e do setor pesqueiro no estado, em reunião com o secretário …

Continue lendo Bancada federal defende setor pesqueiro

Jean Paul Prates condena ideia de fusão do Banco do Nordeste ao BNDES

Senador Jean Paul Prates (PT-RN) avalia que medida em estudo pela equipe econômica revela desconhecimento do papel institucional do BNB na região.
A fusão do Banco do Nordeste ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) está sendo cogitada pela equipe econômica, que avalia a medida para otimizar recursos e investimentos. Jean Paul disse que a medida é péssima para o Nordeste e não terá impacto econômico para o governo.

Jean Paul condena MP 871, que trata de fraudes previdenciárias

O senador Jean Paul Prates (PT-RN) avalia que a Medida Provisória 871/2019, que trata das fraudes no INSS e foi editada pelo governo Jair Bolsonaro, é nociva à sociedade. “A proposta humilha os trabalhadores do campo e decepa os sindicatos rurais”, criticou. O parlamentar diz que a MP inviabiliza o acesso de milhões de trabalhadores rurais aos seus direitos previdenciários. A medida já tem força de lei e está vigorando, mas ainda precisa ser aprovada pelo Congresso Nacional. O senador anunciou que a bancada do PT apresentou 11 emendas para tentar corrigir as distorções da MP 871. “Vamos buscar minimizar os efeitos nefastos”, declarou.