Jean-Paul quer linhas para desenvolver geração solar no Alto Oeste

Em reunião com diretor geral da ANEEL, Senador tratou da implantação de estrutura para futuras usinas solares

Em reunião com o diretor-geral da Aneel, André Pepitone, o Senador Jean-Paul Prates defendeu a implantação de uma “linha de transmissão estrutural” na região do Alto Oeste do Rio Grande do Norte, com vistas a dar condições para o desenvolvimento um novo polo de geração de energia com base em usinas solares-fotovoltaicas.

“Há um potencial enorme para atrairmos projetos solar e fotovoltaicos na região, pois o Alto Oeste apresenta altos índices de radiação. No entanto, a dificuldade para atrair empreendimentos resulta da falta de uma linha estrutural que sirva para conectar as futuras usinas ao sistema de transmissão elétrico nacional”, explicou o Senador.

Ele também reiterou o seu apoio ao fortalecimento das agências reguladoras no país e a importância do seu papel nas mediações entre diferenças de gestão setorial e nos processos de transição energética que o país deverá cada vez mais enfrentar.

Jean-Paul também pediu o apoio técnico da ANEEL para a reconcepção e tramitação da Proposta de Emenda à Constituição, de autoria do senador Paulo Rocha, que altera a destinação do ICMS incidente sobre a geração de energia a partir de fontes renováveis (pequenas centrais hidrelétricas, biomassa, energia eólica e energia solar). A medida vai beneficiar estados e municípios produtores e exportadores de energia, como é o caso do Rio Grande do Norte.