Jean Paul busca ampliar Investimentos no Projeto do Parque de Tecnológico do Rio Grande do Norte

Em audiência com senador e reitores, secretário-executivo do MCTIC anuncia que pretende visitar, junto com o ministro Marcos Pontes, as instalações do Instituto Internacional de Neurociências

 

O governo federal pode vir a promover investimentos no Parque de Tecnológico do Rio Grande do Norte, em Macaíba. Nesta terça-feira,12, o senador Jean Paul Prates (PT-RN) e os reitores das instituições de ensino superior do estado, foram recebidos em audiência pelo secretário-executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC),  Júlio Semeghini.

Ele anunciou que o ministro Marcos Pontes fará uma visitar às instalações do Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra (IIN-ELS), Campus do Cérebro, onde o projeto do parque está sendo desenvolvido.

A criação do parque permitirá um ambiente favorável à inovação tecnológica no estado. “É muito importante essa visita para ver as instalações e amadurecer o processo de construção do parque”, afirmou Jean Paul Prates. O secretário-executivo da pasta reconheceu que a proposta apresentada pelo governo de Fátima Bezerra é similar ao projeto em desenvolvimento no ministério.

O projeto do Parque Tecnológico em Macaíba terá duas áreas principais: energias renováveis – eólica, solar fotovoltaica e biocombustível – e reabilitação em saúde. A ação tem apoio da Universidade Federal (UFRN), da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), da Universidade Estadual (UERN), do Instituto Federal (IFRN), da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado (FAPERN), do Instituto SENAI de Inovação, e outras instituições.

Aerogeradores
O secretário-executivo também demostrou interesse no projeto de sítio de teste de aerogeradores. A proposta apresentada pelo coordenador de Pesquisa e Desenvolvimento do Instituto SENAI de Inovação em Energias Renováveis, Antônio Medeiros, prevê a construção de uma área de testes de aerogeradores em condições reais de operação. O objeto é permitir a certificação dos equipamentos no Brasil. Semeghini ficou de analisar possível parcerias para a consolidação do projeto.

Além de Jean Paul, participaram da audiência os reitores Pedro Fernandes (UERN), José de Arimatea de Matos (Ufersa), o vice-reitor da UFRN José Daniel Diniz, o vice-reitor do IFRN Marcos Antônio de Oliveira, bem como Gilson Sampaio, diretor da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte (FAPERN).